Campeonato Catarinense retorna com Figueirense x Juventus

Portal RCC

LIBERAÇÃO DO FUTEBOL MOSTRA GOVERNO PERDIDO

Apenas dois dias depois de dizer não, governo volta atrás e libera
sequência do futebol em Santa Catarina​

Após muitas idas e vindas de eventos esportivos no estado
catarinense, o Campeonato de Futebol do Estado Barriga Verde já tem
data para ser retomado: 29 e 30 de Julho – nesta quarta e quinta-feira.

Essa situação de manda jogar e depois desmanda em relação ao futebol
é uma claríssima demonstração de que as autoridades de saúde do
Estado já não sabem mais o que fazer. E isso é muito preocupante, não
para o futebol, mas para o estado de Santa Catarina, especialmente
para o combate à Covid-19 e aos cuidados com a saúde da população.
O futebol é apenas uma área. Há muitas outras decisões muito mais
importantes que precisam ser tomadas todos os dias e que não podem
ser autorizados num dia, e dois dias depois seja dada última forma na
decisão. Aliás, este governo em certos aspectos está mais perdido que
cego em tiroteio.

É evidente que o futebol não pode se transformar no vilão das
decisões inócuas, mas essas mudanças de opinião subsequentes do
senhor governador do Estado são a prova inequívoca de que a situação
ao invés de melhorar tende a piorar. O que nos faz lembrar a famosa
frase portuguesa: “quem não tem competência, não se estabelece”!
Esse fecha e abre, no final das contas, traz mais prejuízos ao calendário
do futebol catarinense. E o que é pior, não serviu absolutamente de
nada efetivo no que tange ao combate ao coronavírus.

Como diz o Faraco em suam coluna, a partir de agora vai ser
preciso um realinhamento, chamando os atletas, arrumando novas
datas e horários, fazendo testagem, marcando viagens. Não é simples,
mas vai ser feito de novo. Como dissemos, faltou mesmo um pouco
mais de consideração de quem mandou fechar na sexta e agora
determina a reabertura. Isso não tem mais graça e não vai haver mais
justificativa seu Moisés!

JOGOS IAM PARA O PARANÁ

Lucas Gabriel Cardoso- Arquivo Brusque


Nos bastidores da Federação e dos próprios clubes as tratativas já
estavam muito bem encaminhadas. O Campeonato Catarinense iria ser
finalizado no estado vizinho, especialmente no estádio da Vila
Capanema, do Paraná Clube, que serviria de palco dos jogos das cinco
rodadas que ainda faltam para a finalização do Estadual 2020. A
Federação e os clubes se organizaram para isso no final de semana. Em nenhum momento se admitiu encerrar o estadual como estava. Já havia
até um encaminhamento quase certo com o Governo do Paraná para
isso. Aliás, apenas para lembrar, os jogos do campeonato paranaense já
foram retomados no dia 18.

TABELA PÓS-LIBERAÇÃO

Jogos da Divisão Especial marcadas depois da liberação
Figueirense x Juventus (dia 29) 21h30 no estádio Orlando Scarpelli.
Marcílio Dias x Criciúma (dia 30) 16h no estádio Dr. Hercílio Luz.
Brusque x Joinville – (dia 30), às 16h no estádio Augusto Bauer.
Avaí x Chapecoense – (dia 30) às 20h no estádio da Ressacada.

Partidas referentes ao rebaixamento, entre Tubarão e Concórdia,
também foram marcadas. O jogo de ida, em Tubarão, será no sábado
(1º/8) às 15h, e a volta quarta-feira (5/8) em Concórdia, às 15h.

Como frisamos no início desta matéria, as partidas que
completam as quartas de final ocorrem três semanas depois dos
jogos de ida. Houve paralisação causada pelo alto número de
infectados pelo coronavírus e falhas no protocolo de saúde no
Estado. Depois, o governo chegou a anunciar uma retomada mas
voltou atrás e suspendeu novamente na sexta-feira (24). No
entanto, a pressão da Federação Catarinense de Futebol surtiu
efeito e o governo publicou, na segunda-feira (27), uma nova
portaria autorizando a competição. Alvíssaras!