O DIA DO MOTORISTA

Portal RCC
O reflexo dos homens da estrada

25 de julho também é uma homenagem aos profissionais que
trabalham com o “pé na estrada”, seja transportando mercadorias ou
pessoas pelos mais diversos e longínquos lugares do país. Nesta data,
as cooperativas de motoristas de cada Estado organizam campanhas
de conscientização para que a população e condutores saibam da
responsabilidade do ato de dirigir
.

São Cristóvão torna-se padroeiro dos motorista

ORIGEM DO DIA DO MOTORISTA
O Dia do Motorista é comemorado no Dia de São Cristóvão, santo
católico considerado o padroeiro dos motoristas no Brasil. Cristóvão
significa “aquele que carrega Cristo nos ombros”. De acordo com a
lenda, São Cristóvão queria servir o rei mais poderoso da Terra e decidiu venerar o Diabo. No entanto, durante uma viagem, conheceu
um ermitão que mostrou ser Jesus Cristo o “Rei dos Reis” e a entidade
com mais poder no Universo. Cristóvão abandonou a vida de luxos e
maldades para seguir a “Palavra de Cristo”. Trabalhou durante muito
tempo transportando pessoas nas costas para que pudessem
atravessar um rio. Certa vez, segundo a lenda, Cristóvão colocou um
menino nas costas e a cada passo que dava, o seu peso ia aumentando.
Cristóvão disse: “Parece que estou carregando o mundo nas costas”.
Foi então que o menino respondeu: “Tiveste às costas mais que o
mundo inteiro. Transportaste o Criador de todas as coisas. Sou Jesus,
aquele a quem serves”. Assim, passou a ser conhecido como o protetor
e padroeiro dos viajantes e motoristas.

Enfrentando o perigo no dia a dia do seu trabalho

O Decreto nº 63.461, de 21 de outubro de 1968, assinado pelo
então presidente Arthur da Costa e Silva, oficializa o dia 25 de julho
como o “Dia do Motorista” no Brasil.