PAPO RETO E DIRETO

Jornal O Povo SC

A corrida eleitoral iniciou. Algumas mudanças na lei eleitoral impuseram modificações importantes para os partidos políticos, para os personagens políticos e para as composições com a entrada em vigor da lei 13.877/19.

Creio eu que uma das modificações mais significativas seja o fim das coligações proporcionais pois os partidos sempre buscaram através destas, obter maior tempo no rádio e na TV com a finalidade de obter maior número de votos para a coligação, elegendo assim os candidatos com as maiores votações nominais, bem como elegendo candidatos do seu partido ou da coligação que tenham alcançado menos votos.

Com a entrada em vigor da lei 13.877/19 não existe mais as coligações partidárias para eleições proporcionais, de modo que cada partido deverá lançar sua própria nominata ou chapa. O número de candidatos para o pleito de 2020 também sofrerá alterações uma vez que cada partido poderá lançar sua nominata de candidatos a vereador com o máximo de 150% do número de vagas existentes na Câmara Municipal, destacando que municípios com até 100 mil eleitores(as) poderão registrar candidatos com percentual de até 200% do número de vagas a preencher, respeitando o mínimo de 150%. A título de exemplo usemos um município que possua 13 vagas na Câmara Legislativa e menos de 100.000 eleitores, neste caso cada partido que desejar disputar uma vaga na Câmara Legislativa deverá lançar uma nominata de candidatos com no mínimo de 19 candidatos e no máximo de 26 candidatos.

Essa modificação eleitoral poderá representar uma mudança importante nas composições das Câmaras Legislativas Municipais com a possibilidade de não haver uma polarização de um determinado grupo político, abrindo espaço para novos personagens o que poderá oxigenar ideias, ideais e projetos em prol do coletivo.

Só para provocar e instigar uma análise: você sabe em quem votou na última eleição para vereador? Sabe o que seu vereador propôs de projetos? Sabe o que ele aprovou de projetos? Sabe da atuação dele? O que ele fez de bom em prol de seu município? Ou ele esteve intocado, quietinho por longos 3 anos e meio e agora reapareceu? Pense nisso pois dentro em breve ele irá bater a sua porta pedindo seu apoio e seu voto. Que ele venha lhe trazendo respostas às suas indagações e que lhe traga projetos e não promessas. “Onde os objetivos se sobrepõem aos princípios, o caráter não fará morada”.